segunda-feira, 28 de março de 2011

III Maratona Pedais do Raia






O dia começou bem cedo para os riders que se deslocaram até Mora (7.15h da hora nova), logo com a companhia de uns "chuviscos". Se a vontade de sair da cama quente depois de apenas 5 ou 6 horas de sono era pouca, com aquela chuva pior ficou.

Mas compromissos são compromissos, e Duarte Cacilhas,Pedro Santos e Nuno carvalho lá se encontraram para seguir viagem na Carrinha do Pedro.



Com chegada a Mora dentro da hora prevista, tínhamos ainda bastante tempo para nos preparar e abastecer-nos de Líquidos/Sólidos para a prova.


A Partida foi dada dentro da normalidade, pelas 9h10, com o inicio do percurso a ser realizado atrás do jipe dos Bombeiros. Devido ao facto de termos partido um pouco atrás, inicialmente tivemos algumas dificuldades de ultrapassar alguns bttistas mais lentos o que originou alguns excessos, depois:


Duarte- "Logo após a entrada na terra batida, senti-me bem para imprimir um ritmo médio alto, mas foi um grande erro que cometi!!! (Desde Salvaterra que não andava, ou seja, 20 dias). Os primeiros 15km foram feitos num ápice com o sarrafo. Os trilhos percorridos eram nossos conhecidos das nossas voltas ao Açude do Gameiro, este facto deu-me uma força psicológica para continuar a apertar... O percurso era do meu agrado, tinha zonas técnicas e zonas rápidas...mas a chuva que tinha caído veio prejudicar o estado do terreno numas subidas dignas desse nome!"





Nuno- "O inicio foi rápido, com a vontade de chegar à frente e encontrar um grupo com o mesmo ritmo que eu. Inicialmente ainda rodamos os 3 juntos,mas passado uns km perdi o Pedro que ficou para trás numa subida onde estava "tráfego". Consegui acompanhar o Duarte mais um pouco até que tive que abrandar um pouco para encontrar o meu próprio ritmo, para aguentar a restante prova que já mostrava que iria ser dura devido ao terreno pesado".




Com os primeiros 20km a serem na zona do Açude do Gameiro, num sobe e desce constante, foram realizados juntamente com o pessoal dos 70km, o que levou a que alguns pensassem que estavam enganados:


Nuno- "Os trilhos do Açude do Gameiro foram excelentes. Andamos sempre num sobe e desce constantes, por estradas já conhecidas, das nossas voltinhas de fim-de-semana. Estive sempre acompanhado por atletas dos 70km o que me levou a ficar preocupado, pois pensava que já tinha falhado a viragem de percurso dos 40km (para ajudar,ainda encontrei alguns bbtistas em sentido contrário na eco-pista)"


Ao km31, surge algo que nenhum dos 3 atletas pensou acontecer:


Duarte- "ao km 31 quando eu seguia sozinho, não sei o que se passou... Simplesmente “meti a pistola à cabeça e morri p’ra vida!!!”. Ouvi ouvi uma assobiadela que só podia ser do sarrafo!!! O ritmo que vinha a fazer era extremo para a falta de treino que tenho, de tal forma que o sarrafo passou por mim numa subida que fiz a pé. "


Nuno- "Ao km 31/32, numa subida bastante difícil devido ao estado do terreno, vi uma camisola dos RidersTT. Pensei: "Olha o Gasoso,consegui juntar-me a ele e agora podemos ir juntos".Ao fazer metade da subida de bike, decidi fazer o restante a pé,pois não valia a pena estar-me a esforçar...até que me junto com o Duarte e digo-lhe:



- "vá bora!!!"


-"Eu morri" responde ele...


-"Vá bora", voltei eu a dizer pensando que tinha percebido mal...


-"Eu morri, não aguento as pernas" disse ele...


Foi ai que percebi que ele não estava bem e que tinha exagerado. Acabei por lhe perguntar se queria beber sais, e segui em frente..."






Duarte- "Até fim foi um sofrimento...o Pépe ainda me veio a ajudar antes de entrarmos em Mora, onde a mão de Deus reinou!!! Com um sentimento de insatisfação terminei, pois o lugar em que estava ao km 25 dava-me ideia de ser bom."

Nuno- "Depois de ter deixado o Duarte, tentei seguir ao mesmo ritmo que tinha imposto. O terreno estava bastante pesado e as forças a faltarem. Os km finais já foram realizados em sacrifício, pois afinal não foram os 39km indicados mas sim 45.6km. No geral, a prova correu-me bem, apesar de ter exagerado em alguns pontos... No final, "comemos todos pela medida grossa....."(mais o gasoso que nós!!!)"





Em Resumo na entrevista:





video



Classificações: http://www.pedaisdoraia.net/Classificacao%2040km.htm



Sarrafo: 35ºlugar, 2:11:51



Pépe: 64ºlugar, 2:21:34



Gasoso: 65ºlugar, 2:21:42


segunda-feira, 21 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

Maratona Btt Vencer o Cancro- Rescaldo

Depois de uma noite no Baile de Carnaval do Ciborro, a vontade de se levantar da cama às 6.30h não era muita (para todos os atletas).
Com o ponto de encontro a ser na casa do Duarte Cacilhas, lá foram aparecendo aos poucos para seguir viagem até Salvaterra de Magos.

Com a chegada a dar-se antes do tempo programado, fomos então tomar o pequeno-almoço a uma das pastelarias.
Um café e um Pastel de Nata para refortalecer energias, para uma maratona que se avizinhava fácil.

Na hora de levantar os dorsais, começaram as primeiras peripécias....ninguém levava os B.I´s para se identificar e mais uma vez, teve que ser a "Mãe Estrudes" a ficar como responsável por aqueles meninos todos....Com a parte de secretaria despachada, fomo-nos vestir e montar as bikes para ir-mos para o Controlo 0. O espírito dos atletas estava em alta, todos animados com as "drogas" que o Filipe "Belmiro" Iria nos mostrava e com os seus conselhos sábios....

30min antes de se dar a partida já nos encontrava-mos no controlo 0, onde começaram as primeiras discussões. Havia quem defendesse que devíamos de ir todos juntos, outros já por experiências anteriores, diziam que cada qual fazia a sua corrida...

No final, não chegámos a nenhuma conclusão e depois logo se via.
Antes da partida, ainda houve tempo para anunciar o valor angariado para ajudar as instituições (mil e muitos euros), sendo o cheque entregue pelo "Padrinho" da prova, Marco Chagas.
Com a partida a horas (9.30h), seguimos todos juntos em "Filinha Pirilau", fazendo jogo de equipa.
Íamos participar nos 60km, com apenas 350m de acumulado, o que era de estranhar...
Seguimos sempre juntos, com uma média sempre elevada de 24km/h, sempre na roda uns dos outros...Ora puxava um,ora ia outro ou então tentávamos "arranjar boleia" com algum atleta.
Logo desde inicio que vimos que teríamos que fazer este "jogo", pois o vento e a areia das lezírias acabavam por dificultar a prova.

Até ao 2 abastecimento, no km 40, seguíamos todos juntos mas com Paulo "Sacalhar" Faria a mostrar alguns sinais de cansaço (já tinha 90min nas pernas do jogo de futebol do dia anterior). Filipe Iria ia ajudando o Paulo no que podia, até que ao km 45 se ia dando a tragédia na nossa equipa.
Seguíamos na roda de outros 2 participantes a um ritmo bom, quando após uma subida, onde o nosso grupo se parte, Filipe Iria vai à cabeceira do grupo onde estava Duarte e Henrique, e diz para Duarte: ”Ou vás lá atrás ajudar o Paulinho ou levas no focinho!!!” Os outros participantes ficaram com um ar intrigado...

Com esta ameaça, ninguém ficou indiferente e tentámos todos continuar juntos, o que se revelou impossível mais à frente.
Ao km 50 já estava o grupo partido, ficando Pedro e Paulo alguns metros atrás.
Belmiro, num acto de loucura, passa para a frente do comboio e diz: "bora lá, agora puxo eu que falta pouco.."
Um acto de autêntica loucura, pois os restantes já estavam a prever que os km indicados não seriam os reais, o que se veio a verificar (65km no final).
Este grupo ainda seguiu junto até ao km58, onde devido a uma zona de areia obrigou Nuno e Filipe a ficar um pouco mais para trás e perdendo Duarte e Henrique.
Nuno ainda consegue, apanhar os 2 "fugitivos" já perto do final, finalizando os 3 juntos


Um pouco mais atrás, chegou o Belmiro, aqui a ser atacado por 2 espectadores caninos.

5 minutos depois chega o Pedro e o Paulinho logo de seguida
O Paulinho aqui até parecia que não tinha "comido pela medida grossa"...
No final, o que inicialmente parecia fácil, não foi assim tão fácil com as dores de pernas a demonstrar isso mesmo.
Classificação:
33º- Duarte Cacilhas 2:47:17 AM
34º- Nuno Carvalho 2:47:25 AM
35º- Henrique Gaio 2:47:35 AM
37º- Filipe Iria 2:48:35 AM
44º- Pedro Santos 2:52:57 AM
45º- Paulo Miguel Faria 2:55:14 AM